sábado, 22 de junho de 2013

Master Food Identity - Study Trip in Spain - Dia 1



Acabamos de terminar a primeira semana da viagem de estudos do mestrado (Master Food Identity).
Essa viagem é organizada na região de Castilla y León.

Um breve resumo da semana!

Dia 1 - Segunda-feira


Distância percorrida - 173 km

A - Valladolid
B - Ampudia
C - Villerías de Campos
D - Valoria la Buena
E - Becerril de Campos
F - Villalba de los Alcores






Ampudia, Palencia, Espanha

Panadería Gómez

Padaria tradicional espanhola. Os pães tradicionais chamam-se Barra (parece uma baguete na textura), Chapata e Candeal. Um outro pão, que se comercializa muito menos, chama-se Pão de Cristal, que é um pão com muita casca e pouco miolo (é feito com uma farinha que tem  muito glúten).








Queijaria Campos Góticos
Produz queijos de leite de ovelha na cidade de Villerias de Campos, Palencia.



Espaço de ordenha


Quebrando o queijo já coalhada. É uma das etapas tecnológicas cruciais na produção de queijo.

video
Vídeo com a máquina cortando o coalho do queijo
Desenformando o queijo
Depois de alguns meses curando
Palomeiros (local para criação de pombos para comer, na época das vacas magras)


Concejo Bodegas
Bodega que possui também um antigo edifício (palácio) restaurado, espaço que se aluga para eventos, casamentos, jantares, etc.
Há também a possibilidade de se hospedar no local.



O vinho local é um rosé chamado Cigales.



Cervejaria Bresañ

Cervejaria artesanal localizada em Becerril de Campos. Possui fermento próprio (não usa fermentos comerciais).

O mestre cervejeiro.
Maltes, lúpulo, e casca de laranja. Um destes lúpulos chega a custar 37 euros o quilo.


 Um dos maiores custos para se fazer cerveja é a quantidade de água usada, e de energia para aquecê-la. Uma curiosidade do local, é que a água de abastecimento local muda durante a semana. Às vezes é do rio, outras vezes de reserva subterrânea.


Las Cortas de Blas

Fazenda-escola localizada na estrada para Villalba los Alcores. É uma fazenda em que se produz um pouco, mas a atividade principal é o recebimento de grupos escolares.

Produzem leite de ovelha de uma raça chamada Assaf. O plantel é de cerca de 800 animais.
Ricardo, o responsável pelo local, falou do hábito da região de se comer carne de cordeiro alimentado apenas com leite, com 9 a 35 dias. Chama-se "Lechazo" a carne.

As ovelhas são tosadas durante a primavera, no mês de março.
O custo para retirar a lã é 5 vezes inferior ao custo de venda da mesma.

Após a ordenha mecanizada, o leite vai direto para o resfriamento, baixando de 31 para 4 graus Celsius.

Produzem também ovos de uma galinha caipira (autóctone) chamada "Gallina Negra de Castilla", raça ameaçada de extinção. Há apenas cerca de 600 indivíduos na região, e por conta de baixo investimento na raça, a produtividade de ovos é muito baixa.

Galinheiro. Cada 6 galinhas tem direito a no mínimo, 1 metro quadrado na área coberta (e tem o direito de sair pra ciscar durante o dia).
Gallina Negra de Castilla
Máquina para separar os ovos segundo o tamanho (massa)

Um comentário:

  1. Oi Natalie !!!!! Fiquei muito feliz encontrando seu blog !!! Tem tudo que queria saber e acompanhar ! Vc tem algum e-mail ou facebook que eu possa entrar em contato ?? Muito Obrigada
    Gabriella
    gabikerber@gmail.com

    ResponderExcluir