domingo, 13 de setembro de 2015

10 Coisas para levar do Marrocos


Atendendo aos pedido da minha amiga Carol da Chèvere Turismo, vou compartilhar com vocês as 10 coisas que você não pode deixar de levar do Marrocos.

Essa lista é difícil, porque no momento em que você visita uma medina seus olhos irão se perder na quantidade de produtos de artesanato maravilhosos que você nunca viu na sua vida.






Segue uma pequena lista guia.
Os preços dos produtos variam muito de cidade para cidade, e sobretudo, é preciso aprender a negociar. Negociar compra e preço de artesanato no Marrocos é a maior atração turística do país.

10) Limão em conserva e azeitonas
Vendidos no mesmo local, em geral barracas simples na Medina, suportam transporte sem refrigeração.
As azeitonas são grandes e suculentas, você pode pedir para provar antes de escolher o tipo.
O limão em conserva (citron confit) é a base do sabor dos tajines à base de frango.

Azeitonas em Fes

9) Machetaria
A tradição de trabalho em madeira está presente em todo o país, mas o trabalho de tuia vem da região de Essaouira. A outra madeira muito usada é o cedro.
São muitos produtos diferentes, os preços variam conforme tipo de trabalho e tipo de madeira.
Artigos de madeira em Essaouira

8) Tajine
A panela de barro marroquina que dá nome ao prato mais conhecido do país, o tajine é um item obrigatório.
Se você gosta de cozinhar, compre a versão em cerâmica grande, e deixe espaço na mala de mão para transportá-lo.
$$: entre 40 e 70 dirhams (depende da qualidade, tamanho, etc,)

O tajine é a panela do alto à direita. 
A outra opção são os tajines decorativos em cerâmica esmaltada. Eles são presentes pequenos e originais. Os menores são usados para colocar sal ou pimenta na mesa. Os médios, para deixar azeite ou mel para banhar o pão no café da manhã.
Mel, amlou e aceite em cumbucas no Marrocos.


7) Echarpe de "seda de agave"
Uma das tradições do Marrocos são os tecidos feitos usando teares artesanais. Um dos produtos que você pode encontrar por aqui são feitos a partir da fibra de uma espécie de agave, que tem o aspecto brilhante da seda mas uma textura mais dura.

$$: 60 dirhmans por uma echarpe simples. As trabalhadas até 100 dirhams.


6) Óleo de argan
O óleo de argan conhecido mundialmente, sua origem marroquina. O problema é que todo mundo vende óleo de argan, e a maior parte do óleo de argan vendido, não é argan.
Se passar por Rabat, a loja Apia vende um produto de qualidade razoável. Em Essaouira e Agadir também consegue-se produtos de melhor qualidade.
Existem dois tipos de argan: o cosmético e o alimentar.
O cosmético é mais amarelado, o culinário é feito das castanhas torradas, um pouco mais dourado.

$$: 50 dirhams para 50 ml.



5) Artigos em couro
Bolsas, carteiras, pufes, malas de viagem, jaquetas, cintos...

A quantidade de produtos feitos de couro tradicional no país é longa. A qualidade e preços variam. Do tipo de tingimento ao tipo de couro (vaca, cordeiro, cabra ou dromedário), e ao tipo de acabamento, tudo influencia no preço.

Bolsa de couro, forro em TNT ($$250 dirhams)
Curtumes de Fes
Malas de viagem de couro com tapeçaria

4) Babuches e sapatos
Os sapatos abertos na parte de trás são usados por homens e mulheres no Marrocos. Existem modelos para uso externo e interno (dependem sobretudo do solado).
Os de solado de couro macio são para usar em casa.
Escolha o modelo que você goste mais.
Babuches e sandálias en Tafraout
Fora os babuches de couro, há outros calçados feitos no Marrocos, de couro ou de palha.

Sapatos de Essaouira.

3) Doces árabes
Ao final da sua temporada (ou mesmo no aeroporto), compre uma caixa de doces árabes para compartilhar com a família e amigos no retorno. Os doces, quase sempre feitos a base de mel, amêndoa e flor de laranjeiro são uma experiência sensorial única, com cheiro e sabor do Marrocos.
Doces árabes marroquinos

2)Prataria
A capital da prata no Marrocos é Tiznit, mas as joalherias estão por todo o Marrocos.
Preço varia conforme pedrarias usadas e tipo de trabalho. Negocie muito o preço. Pode ser que o preço será feito pelo peso também. Nesse caso, negocie antes, e depois procure as peças menos pesadas.


1) Tapete
Comprar um tapete do Marrocos é talvez a maior aventura no país. Como os preços das coisas não são fixos, nos tapetes é onde a coisa fica ainda mais complexa. Não só porque os vendedores se aproveitam na ingenuidade dos turistas, mas porque de fato, o "metier" é complexo e há muitos tipos de trabalhos diferentes, variando no tipo de matéria prima ao tempo de execução.
Os tapetes, em geral, são feitos por mulheres que vivem nas montanhas, e depois, são vendidos nos "zouks" e "medinas".
$$ - de 200 a 5000 dirhams.

Esse costuma ser o modelo mais barato.

----
Se você já veio para o Marrocos e achou coisas que faltam nessa lista, por favor, compartilhe suas experiências e ideias aqui nos comentários.

2 comentários:

  1. Natalie, o Marrocos é sem sombra de dúvida um país de uma enorme diversidade cultural, a cada cidade que conhecemos nos deparamos com paisagens distintas, um povo atencioso e hospitaleiro, e lógico um artesanato riquíssimo com valores muito acessíveis.
    Mas a minha dica é passar por diferentes lugares nem todos explorados pelo turismo.
    Além de Marrakech, conhecida por seu souk e a famosa praça Jemma el Fna, Chefachouem a cidade azul encravada no alto da montanha, tem uma beleza e simplicidade de tirar o fôlego.
    Fés, a mais antiga medina, com suas ruas estreitas, um comércio efervescente, convive em harmonia com a parte nova da cidade, que possui grandes e modernos supermercados, caso você sinta falta de algum ítem mais ocidental.
    Ifrane, um lugar a parte, diferente de tudo que você já viu no Marrocos.
    No inverno uma paisagem que mais se assemelha a uma cidade suíça.
    Enfim além de tudo que você pode comprar no Marrocos a bons preços, o que você vai trazer no seu coração e memória, realmente não tem preço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Helena!
    Sem dúvida, as paisagens do Marrocos são maravilhosas e cada cidade é uma. Este post era mais mesmo pra dar dicas e compras.
    Tem alguns outros relatos aqui sobre os lugares e a cultura.
    Um abraço
    http://natalienaestrada.blogspot.co.at/p/ambiente.html

    ResponderExcluir